Ser casado apenas no civil impede de Deus abençoar a um casal?

“O casamento tem dois aspectos: o Religioso e o Civil. O aspecto religioso é regulado pela Bíblia e o civil, pelas leis do Estado. De acordo com o ensinamento bíblico o ato sexual é exclusivo ao matrimônio.” 

O casamento é uma instituição estabelecida pelo próprio Deus antes mesmo de o pecado entrar neste mundo. A Bíblia nos diz: “Por isso, deixa o homem pai e mãe e se une à sua mulher, tornando-se os dois uma só carne” (Gênesis 2:24). E “o que Deus uniu, não o separe o homem” (Mateus 19:6).

O casamento tem dois aspectos: o Religioso e o Civil. O aspecto religioso é regulado pela Bíblia e o civil, pelas leis do Estado. De acordo com o ensinamento bíblico o ato sexual é exclusivo ao matrimônio. Sendo assim, toda e qualquer intimidade sexual fora dos laços sagrados do casamento, é pecado.

O casamento no religioso é uma cerimônia espiritual que deve ocorrer antes da união sexual entre um homem e uma mulher. O casal que se preserva um para o outro recebe uma bênção especial de consagração para a união em uma só carne.

Aqueles que já se uniram sexualmente sem terem se casado, devem se casar somente no civil. A igreja reconhece o casamento civil, pois o Estado também reconhece o matrimônio como entidade familiar, protegendo por lei os valores de compromisso e continuidade da família.

Só está livre para um casamento quem nunca se casou ou quem se divorciou em decorrência do adultério da parte do outro cônjuge (Mateus 19:9). Sendo assim, aqueles que se casaram apenas no civil não estão em adultério. Poderão ser muito abençoados na condição de se consagrarem diariamente a Deus.

Que Deus lhe abençoe em sua caminhada cristã.

Fonte: Biblia.com.br