Que princípios de gestão encontramos na Bíblia?

“A Bíblia apresenta vários princípios de gestão. Aqui apresentamos apenas alguns deles.”

Um dos princípios de gestão é dividir a quantidade de trabalho por várias pessoas. A Bíblia diz em Êxodo 18:21: “Além disto procurarás dentre todo o povo homens de capacidade, tementes a Deus, homens verazes, que aborreçam a avareza, e os porás sobre eles por chefes de mil, chefes de cem, chefes de cinqüenta e chefes de dez.”

Numa boa gestão há vigilância e afirmação. A Bíblia diz em Êxodo 39:42-43: “Conforme tudo o que o Senhor ordenara a Moisés, assim fizeram os filhos de Israel toda a obra. Viu, pois, Moisés toda a obra, e eis que a tinham feito; como o Senhor ordenara, assim a fizeram; então Moisés os abençoou.”

A gestão é um dos dons de Deus. A Bíblia diz em Romanos 12:6-8: “De modo que, tendo diferentes dons segundo a graça que nos foi dada, se é profecia, seja ela segundo a medida da fé; se é ministério, seja em ministrar; se é ensinar, haja dedicação ao ensino; ou que exorta, use esse dom em exortar; o que reparte, faça-o com liberalidade; o que preside, com zelo; o que usa de misericórdia, com alegria.”

Os bons gerentes reconhecem as suas limitações. A Bíblia diz em Deuteronômio 1:9: “Nesse mesmo tempo eu vos disse: Eu sozinho não posso levar-vos.”

Os bons administradores planejam com antecedência. A Bíblia diz em Lucas 14:28-30: “Pois qual de vós, querendo edificar uma torre, não se senta primeiro a calcular as despesas, para ver se tem com que a acabar? Para não acontecer que, depois de haver posto os alicerces, e não a podendo acabar, todos os que a virem comecem a zombar dele, dizendo: Este homem começou a edificar e não pode acabar.” BibleInfo.com

Fonte: Biblia.com.br