O que a Bíblia diz sobre o dinheiro?

“Desejar a riqueza somente para desfrutar de prazeres e luxos, se a riqueza se transformou no objetivo principal da vida, pode afirmar-se que os bens materiais deixaram de ser um bem subordinado, para usurpar na vida o lugar que corresponde a Deus.”

De onde vêm as bençãos materiais? A Bíblia diz em Deuteronômio 8:18: “Antes te lembrarás do Senhor teu Deus, porque ele é o que te dá força para adquirires riquezas; a fim de confirmar o seu pacto, que jurou a teus pais, como hoje se vê.

É possível que o dinheiro nos faça esquecer coisas mais importantes? As riquezas podem se tornar o centro da nossa vida e tomar o lugar de Deus. A Bíblia diz em Jeremias 9:23-24: “Assim diz o Senhor: Não se glorie o sábio na sua sabedoria, nem se glorie o forte na sua força; não se glorie o rico nas suas riquezas; mas o que se gloriar, glorie-se nisto: em entender, e em me conhecer, que eu sou o Senhor, que faço benevolência, juízo e justiça na terra; porque destas coisas me agrado, diz o Senhor.

O dinheiro pode dar-nos atitudes erradas sobre as coisas materiais. A Bíblia diz em Lucas 12:15: “E disse ao povo: Acautelai-vos e guardai-vos de toda espécie de cobiça; porque a vida do homem não consiste na abundância das coisas que possui.

A Bíblia diz em Mateus 6:24: “Ninguém pode servir a dois senhores; porque ou há de odiar a um e amar o outro, ou há de dedicar-se a um e desprezar o outro. Não podeis servir a Deus e às riquezas.” O dinheiro pode ser uma bênção, se for bem utilizado, mas pode ser uma grande desgraça quando não se tem uma perspectiva correta sobre os valores do Reino de Deus. Em 1 Timóteo 6:9 Paulo adverte: “Mas os que querem tornar-se ricos caem em tentação e em laço, e em muitas concupiscências loucas e nocivas, as quais submergem os homens na ruína e na perdição.” 1

“A Bíblia não diz que o dinheiro seja o princípio de todos os males, mas sim ‘o amor ao dinheiro é a raiz de todos os males’ (1 Timóteo 6:10 – BJ). É perfeitamente possível encontrar-se na posse de bens materiais, o que alguns chamaram um ‘substituto da salvação. A pessoa pode pensar que porque é rico pode comprar tudo, que pode livrar-se de qualquer situação. A riqueza pode transformar-se para ele na medida de todas as coisas, em seu único afã, na única arma para enfrentar a vida. Se alguém deseja possuir bens materiais para obter uma relativa autonomia, para atender a suas necessidades familiares e para poder ajudar ao próximo, está perfeitamente bem; mas se deseja a riqueza somente para desfrutar de prazeres e luxos, se a riqueza se transformou no objetivo principal de sua vida, a razão pela qual vive, pode afirmar-se sem vacilação que os bens materiais deixaram que ser um bem subordinado, para usurpar na vida o lugar que corresponde a Deus. De tudo isto surge uma verdade – a posse de riquezas, de dinheiro ou de objetos materiais não é pecado, mas é uma grave e séria responsabilidade. Se alguém possuir abundância de dinheiro ou de bens materiais, não deve felicitar-se a si mesmo, antes ajoelhar-se em oração para poder usar suas riquezas tal como Deus quer que o faça.”2

A Bíblia diz em Marcos 10:23-25: “Então Jesus, olhando em redor, disse aos seus discípulos: Quão dificilmente entrarão no reino de Deus os que têm riquezas! E os discípulos se maravilharam destas suas palavras; mas Jesus, tornando a falar, disse-lhes: Filhos, quão difícil é [para os que confiam nas riquezas] entrar no reino de Deus! É mais fácil um camelo passar pelo fundo de uma agulha, do que entrar um rico no reino de Deus.” (…)

O contentamento não depende da quantidade de dinheiro ou posses materiais. A Bíblia diz em Filipenses 4:12-13: “Sei passar falta, e sei também ter abundância; em toda maneira e em todas as coisas estou experimentado, tanto em ter fartura, como em passar fome; tanto em ter abundância, como em padecer necessidade. Posso todas as coisas naquele que me fortalece.”

“Porque onde estiver o teu tesouro, aí estará também o teu coração” (Mateus 6:21). Onde você tem depositado o seu tesouro? Onde está o foco de sua vida? Em quem você coloca toda a sua confiança?

“Mas ajuntai para vós outros tesouros no céu, onde traça nem ferrugem corrói, e onde ladrões não escavam, nem roubam” (Mateus 6:20).

Fonte: Biblia.com.br

_______________

1 BibleInfo.com

2 Comentário Bíblico de Mateus, por William Barclay, p. 272, 273.