O que a Bíblia diz sobre o coração?

“O mais importante para Deus é o que está no coração. A Bíblia diz em 1 Samuel 16:7: “Mas o Senhor disse a Samuel: Não atentes para a sua aparência, nem para a grandeza da sua estatura, porque eu o rejeitei; porque o Senhor não vê como vê o homem, pois o homem olha para o que está diante dos olhos, porém o Senhor olha para o coração.””

O mais importante para Deus é o que está no coração. A Bíblia diz em 1 Samuel 16:7: “Mas o Senhor disse a Samuel: Não atentes para a sua aparência, nem para a grandeza da sua estatura, porque eu o rejeitei; porque o Senhor não vê como vê o homem, pois o homem olha para o que está diante dos olhos, porém o Senhor olha para o coração.”

O nosso coração necessita de ser purificado, pois a natureza humana sem Deus é corrompida e má. Jesus disse: “Mas o que sai da boca vem do coração, e é isso que contamina o homem. Porque do coração procedem maus desígnios, homicídios, adultérios, prostituição, furtos, falsos testemunhos, blasfêmias” (Mateus 15:18, 19). Em reconhecimento da necessidade de purificação do próprio coração, Davi clama a Deus: “Cria em mim, ó Deus, um coração puro, e renova em mim um espírito estável” (Salmo 51:10).

O nosso coração pode encontrar paz em saber que tudo está sob o controle de Deus e em harmonia com a Sua vontade. A Bíblia diz em 1 João 3:19-20: “Nisto conheceremos que somos da verdade, e diante dele tranqüilizaremos o nosso coração; porque se o coração nos condena, maior é Deus do que o nosso coração, e conhece todas as coisas.” O substantivo “coração” empregado nesse versículo significa “mente” ou “consciência”. Deus também se revela por meio de nossa consciência, embora ela sozinha não seja um guia seguro e infalível, pois somos pecadores. Mas é válida a orientação de que não devemos violar a própria consciência.

Devemos nos dedicar a Deus de todo o coração. A Bíblia diz em Romanos 6:17: “Mas graças a Deus que, embora tendo sido servos do pecado, obedecestes de coração à forma de doutrina a que fostes entregues.” Esses romanos a quem Paulo escreveu tinham vivido no passado como “servos do pecado”, mas agora, pela graça de Cristo, passaram a viver em obediência “de coração”, ou seja, com sinceridade e dedicação.

O grande mandamento é: “Amarás, pois, o Senhor, teu Deus, de todo o teu coração, de toda a tua alma, de todo o teu entendimento e de toda a tua força” (Marcos 12:30).

Fonte: Biblia.com.br