O que a Bíblia diz sobre o contentamento?

Que é que produz contentamento? O contentamento é um dom de Deus que tem como origem a Sua perspectiva da vida. Paulo expressa essa experiência ao escrever aos filipenses: “Sei passar falta, e sei também ter abundância; em toda maneira e em todas as coisas estou experimentado, tanto em ter fartura, como em passar fome; tanto em ter abundância, como em padecer necessidade. Posso todas as coisas naquele que me fortalece” (Filipenses 4:12-13).

Humildade e fé em Deus produzem contentamento. A Bíblia diz em Salmos 131:1: “Senhor, o meu coração não é soberbo, nem os meus olhos são altivos; não me ocupo de assuntos grandes e maravilhosos demais para mim.”

Devoção a Cristo e valores eternos também produzem contentamento. A Bíblia diz em Mateus 6:24: “Ninguém pode servir a dois senhores; porque ou há de odiar a um e amar o outro, ou há de dedicar-se a um e desprezar o outro. Não podeis servir a Deus e às riquezas.”

A cobiça impede o contentamento. A Bíblia diz em Êxodo 20:17: “Não cobiçarás a casa do teu próximo, não cobiçarás a mulher do teu próximo, nem o seu servo, nem a sua serva, nem o seu boi, nem o seu jumento, nem coisa alguma do teu próximo.”

O materialismo impede o contentamento. A Bíblia diz em 1 Timóteo 6:9: “Mas os que querem tornar-se ricos caem em tentação e em laço, e em muitas concupiscências loucas e nocivas, as quais submergem os homens na ruína e na perdição.” (BibleInfo.com)

Fonte: Biblia.com.br