O que a Bíblia diz sobre Deus?

“De forma incrível a Bíblia descreve os atributos de Deus. Este artigo apresenta vários textos bíblicos que descrevem o caráter divino.”

1. Que duas características são básicas na natureza de Deus?

“Justo é o Senhor em todos os seus caminhos, e benigno em todas as suas obras” (Salmos 145:17).

2. Como a Bíblia descreve a Deus?

“Ele é a Rocha; suas obras são perfeitas, porque todos os seus caminhos são justos; Deus é fiel e sem iniqüidade; justo e reto é ele” (Deuteronômio 32:4).

3. Que diz a Bíblia sobre o poder de Deus?

“Eis que Deus é mui poderoso, contudo a ninguém despre grande é no poder de entendimento” (Jó 36:5).

4. Podemos confiar que Deus manterá as Suas promessas?

“Saberás, pois, que o Senhor teu Deus é que é Deus, o Deus fiel, que guarda o pacto e a misericórdia, até mil gerações, aos que o amam e guardam os seus mandamentos” (Deuteronômio 7:9).

5. A Bíblia descreve Deus em uma palavra.

“Aquele que não ama não conhece a Deus; porque Deus é amor” (1 João 4:8).

6. Deus tem compaixão.

“Mas tu, Senhor, és um Deus compassivo e benigno, longânimo, e abundante em graça e em fidelidade” (Salmos 86:15).

7. Deus é imparcial.

“Então Pedro, tomando a palavra, disse: Na verdade reconheço que Deus não faz acepção de pessoas; mas que lhe é aceitável aquele que, em qualquer nação, o teme e pratica o que é justo” (Atos 10:34-35).

8. Que sacrifícios está Deus disposto a fazer para me assegurar um bom futuro?

“Porque Deus amou o mundo de tal maneira que deu o seu Filho unigênito, para que todo aquele que nele crê não pereça, mas tenha a vida eterna” (João 3:16).

9. Deus nos deu o melhor exemplo de verdadeiro amor.

“Nisto se manifestou o amor de Deus para conosco: em que Deus enviou seu Filho unigênito ao mundo, para que por meio dele vivamos. Nisto está o amor: não em que nós tenhamos amado a Deus, mas em que ele nos amou a nós, e enviou seu Filho como propiciação pelos nossos pecados” (1 João 4:9-10).

10. Deus deleita-se em ser misericordioso conosco mesmo quando não merecemos.

“Quem é Deus semelhante a ti, que perdoas a iniqüidade, e que te esqueces da transgressão do resto da tua herança? O Senhor não retém a sua ira para sempre, porque ele se deleita na benignidade” (Miquéias 7:18).

11. As bênçãos de Deus não são dadas somente aos justos.

“Para que vos torneis filhos do vosso Pai que está nos céus; porque ele faz nascer o seu sol sobre maus e bons, e faz chover sobre justos e injustos. Pois, se amardes aos que vos amam, que recompensa tereis? não fazem os publicanos também o mesmo?” (Mateus 5:45-46).

12. Nada impede a Deus. Ele deseja no dar tudo aquilo que precisamos para a nossa salvação.

“Aquele que nem mesmo a seu próprio Filho poupou, antes o entregou por todos nós, como não nos dará também com ele todas as coisas?” (Romanos 8:32).

13. Deus nos ama como um pai cheio de ternura.

“Vede que grande amor nos tem concedido o Pai: que fôssemos chamados filhos de Deus; e nós o somos. Por isso o mundo não nos conhece; porque não conheceu a ele” (1 João 3:1).

14. O amor de Deus é como um refúgio.

“Quão preciosa é, ó Deus, a tua benignidade! Os filhos dos homens se refugiam à sombra das tuas asas” (Salmos 36:7).

15. Devemos seguir o exemplo de Deus.

“Amados, se Deus assim nos amou, nós também devemos amar-nos uns aos outros” (1 João 4:11).

16. O amor às vezes requer disciplina.

“Pois o Senhor corrige ao que ama, e açoita a todo o que recebe por filho” (Hebreus 12:6).

17. Deus nunca nos abandona.

“De longe o Senhor me apareceu, dizendo: Pois que com amor eterno te amei, também com benignidade te atraí” (Jeremias 31:3).

18. Existe algo que possa nos separar do amor de Deus?

“Porque estou certo de que, nem a morte, nem a vida, nem anjos, nem principados, nem coisas presentes, nem futuras, nem potestades, nem a altura, nem a profundidade, nem qualquer outra criatura nos poderá separar do amor de Deus, que está em Cristo Jesus nosso Senhor” (Romanos 8:38-39).

Fonte: Biblia.com.br