O que a Bíblia diz sobre a mente?

“A nossa relação com Cristo muda a nossa forma de pensar. A Bíblia diz em Romanos 12:2: “E não vos conformeis a este mundo, mas transformai-vos pela renovação da vossa mente, para que experimenteis qual seja a boa, agradável, e perfeita vontade de Deus.””

A nossa relação com Cristo muda a nossa forma de pensar. A Bíblia diz em Romanos 12:2: “E não vos conformeis a este mundo, mas transformai-vos pela renovação da vossa mente, para que experimenteis qual seja a boa, agradável, e perfeita vontade de Deus.”

Os cristãos devem ter a “mente de Cristo”, conforme é ensinado na Bíblia: “Mas o que é espiritual discerne bem tudo, enquanto ele por ninguém é discernido. Pois, quem jamais conheceu a mente do Senhor, para que possa instruí-lo? Mas nós temos a mente de Cristo” (1 Coríntios 2:15-16). Como é que podemos ter a mente de Cristo? É por meio da Bíblia e da oração, que o Espírito Santo age para nos restaurar à Sua imagem. Pela contemplação do que Cristo realizou por nós, desperta-se todo bom impulso gerado pela graça divina. Somos moldados pelo Espírito Santo, mediante a apropriação pela fé das virtudes de Cristo.

O cristão transformado pela graça de Deus passa a ter a mesma atitude de Cristo: “Tende em vós aquele sentimento que houve também em Cristo Jesus” (Filipenses 2:5). A mente cristã, quando é renovada e regenerada pelo Espírito Santo, deve agora pensar naquilo que é bom, conforme somos encorajados por Paulo: “Quanto ao mais, irmãos, tudo o que é verdadeiro, tudo o que é honesto, tudo o que é justo, tudo o que é puro, tudo o que é amável, tudo o que é de boa fama, se há alguma virtude, e se há algum louvor, nisso pensai” (Filipenses 4:8).

Qual é o segredo para a vitória na vida cristã? Jesus responde: “Permanecei em mim, e eu permanecerei em vós. Como não pode o ramo produzir fruto de si mesmo, se não permanecer na videira, assim, nem vós o podeis dar, se não permanecerdes em mim. Eu sou a videira, vós, os ramos. Quem permanece em mim, e eu, nele, esse dá muito fruto; porque sem mim nada podeis fazer” (João 15:4, 5).

Fonte: Biblia.com.br